COMO Live

 

Inicialmente este projeto foi realizado através da lei Aldir Blanc 2021 em Pernambuco, com o objetivo continuar investigando os procedimentos teóricos-metodológicos da aplicação live performance iniciados nos Monumentos Virtuais. O banco de memória dos Monumentos Virtuais ampliou todas as sensações de ubiquidade com as atuações da multiartista Aurora Jamelo e do coletivo performático Totem, com Lau Veríssimo, Taína Veríssimo, Juliana Nardin e Gabi Cabral. Com esta ampliação, uma estrutura sonora imersa nas imagens do (Co)rpo (Mo)numento se formou e proporcionou um aprofundamento live streaming para uma proposta performática visual e sonora COMO LIVE.
O projeto Como Live aprofunda a relação sonora das narrativas com performance live act e live streaming. É um formato híbrido performativo-instalativo focado nas sonoridades, visualidades e nas possibilidades de diálogos com artistas transitando em ambientes virtuais. Como Live aplica o conceito Live Cinema na relação do corpo nas cidades e de seus processos de virtualização.
Cocriação performática com Bárbara Francesquine e Iara Campos.

Tags: Live Cinema, Live Act, Música, Artes Visuais, Dança, Circo, Pirofagia.

#Audiovisual #Artesvisuais #Dança #Circo

Compartilhe: